CRÔNICAS NOVAS TODA SEXTA-FEIRA. CONFIRA!

 

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

DESPEDIDA


DESPEDIDA

 

Despeço-me desta vida. Despeço-me dos dias de praia. Será que sentirão minha falta? Despeço-me das ondas. Adeus meu querido surf, como eu te amei.

A vida é muito curta.

Deitado em minha cama, numa linda tarde me despeço das longas e profundas sonecas. Sentirei sua falta. Aperto o travesseiro pela última vez. Adeus.

Despeço-me dos dias ensolarados de sorvete, tantos sabores, tanta vida. Como é difícil dizer adeus.

Despeço-me dos filmes, cinemas e futebol com os amigos de quinta-feira. Nunca se esquecerão de mim, grandes gols, grandes jogos!

Abraço apertado meus amigos nessa despedida. Terão que ser fortes. A vida é assim mesmo, as pessoas passam.

Despeço-me da sessão da tarde, vídeo show e vale a pena ver de novo (desses despeço-me apenas por educação).

Lembro-me como se fosse ontem. A turma reunida no parque jogando bola, paqueras, troca de olhares. Despeço-me (Não da paquera. Só do parque)

Despeço-me desse dia lindo e ensolarado, ou até mesmo chuvoso, lembrarei dos cantos de passarinhos em minha janela.

Abraço forte meus pais, confortando-os.

Digo isso para que sejam fortes, pois esse dia chega para todos nessa vida.

Deixo essa vida para entrar na história.

Há tempos tenho me preparado para esse fim.

Um grande abraço aos meus colegas do clube VASP (Vagabundo Sustentado pelo Pai). Despeço-me também.

Despeço-me da vida.

Da vida de ser só estudante.

Vou começar a trabalhar.



 Késia Câmara, 17 outubro 2008

16 comentários:

Franciane disse...

KARACA!!!!! No início axei meio mórbida, mas depois pensei.... tb gostaria de me despedir....da faculd, é claro....naum aguento mais..!!!!!
Bjussss amore!!!!

Darcy Mendes disse...

Passei para uma visita e avisar que tem um meme prá você lá no Papocicuta.

Abraços e bfs!

Rodrigo Piva disse...

Precisamos nos despedir de muita coisa se quisermos uma vida melhor. Parabéns pela crônica.

Beijo

Darcy Mendes disse...

Ops! Foi mal! Tive um problema com os links. Mas já corrigi!
http://papocicuta.com.br/?p=996

Abraços!!!

Claudio P. Vieira disse...

Pois é... eu também estou me despedindo, mas só do dihitt...
Vou continuar te seguindo aqui no blog... Adoro as tuas crônicas!!!
Beijão

Bruno disse...

kkkkkkkkkkkkkkk
Perfeito Perfeito !!!!
Tava mó triste no começo mas teve um final feliz.
Viu como minha frase funciona ???
Bjaum nina

blogdaluzfosca disse...

Excelente texto. Adorei.
Continue o seu excelente trabalho.
Sucesso!
Beijocas.

eli disse...

Excelente crônica!

Resumindo as palavras da Késia: é preciso abrir mão de muitas coisas que gostamos para conseguirmos algo bem melhor. Dói de começo, mas no final tudo compensa.

É isso aí!!!!

Steinzinha =) disse...

hAUHauhAUHA'
Muitoo bomm
=)

Raquel disse...

Nossa.. já tava quase chorando aqui, mas ainda bem q o final foi feliz: CONSEGUIU UM EMPREGO!!! :P hehe.. boa sorte e td de bom nessa nova fase p vc!

Bjinhusss pirua :)

Raquel Bravim

Sérgio TKD disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Renata Freire disse...

Parabéns, Késia! Final surpreendente! rsrsrs,.....Conheço muita gente que está precisando de uma despedida dessas!!!! hahaha..

Beijokas

Juliana disse...

Por mais que me pareça agora, realmente não é tão ruim essa vida de estudante. Mesmo a de um pré-vestibulando.
Crescer é necessário, porém difícil.
E crescemos com a certeza de que os melhores anos da nossa vida se foram, enquanto nos esforçávamos para tanto. Há forma de crescer sem 'entrar cada vez mais no fundo da pelagem do coelho'?

Késia Câmara disse...

KKKKKKKKKKKKKK MUITO BOA ESSA!!! todo mundo fica lendo pra chegar no final logo!!!

Kássia Câmara

Késia Câmara disse...

aiai...rs ...minha irma lê as crônicas logada na minha senha...rs

Mas sempre que eu leio essa começo a rir no final.
:p

abraço

Catarine disse...

hhehehe...

mt boaaaa!!! :D

to precisando me despedir assim tbm!
hehehe....


bjiiinhuuussss dona Maria!